O aplicativo WeChat agora permite oficializar pessoas dentro da China

Atualmente, o WeChat é o aplicativo de mensagens mais usado no mundo, com cerca de 980 milhões de usuários ativos ao redor do Globe. Vale a pena mencionar que o aplicativo tem uma presença enorme na China, dirigindo uma grande escala de usuários através de sua rede social.

O aplicativo possui uma grande gama de funcionalidades para os usuários dentro do país que vão do simples ato de enviar mensagens para realizar pagamentos e muitos outros serviços. Agora, de acordo com um relatório, a WeChat receberá uma nova característica controversa que permite que os usuários façam processos judiciais.

A nova atualização permitirá que os usuários processem pessoas eletronicamente usando o aplicativo Tencent Messaging, além de enviar documentos, verificar a identidade das pessoas e pagar taxas legais para o tribunal de Pequim.

Tudo será realizado graças a uma plataforma de acusação feita pelo tribunal de Pequim Haidian construída dentro da aplicação. O Tribunal aproveitou a oportunidade para esclarecer que, mesmo que tudo através do aplicativo seja feito on-line, as operações estão bem garantidas.

O sistema usará o ID Facial, o reconhecimento de impressões digitais e o sistema de cartão de identidade para identificar com precisão uma pessoa e somente, então, permitir acessar os dados. Depois que um usuário envia os documentos relativos ao processo e é aceito pelo Tribunal, ambas as partes receberão uma notificação sobre a situação do processo.

O novo sistema entrará diretamente em contato com o departamento oficial do governo, simplificando o processo e reduzindo o tempo necessário. O WeChat já é usado como cartão de identificação oficial das pessoas em algumas províncias chinesas, podendo substituir o cartão de identificação do governo chinês padrão. Só esperamos que esta nova maneira de facilitar a criação de ações judiciais não gera um uso excessivo pelos usuários simplesmente porque, então, pode.

Anúncios